domingo, 16 de fevereiro de 2014

Uma nova família na Mariápolis

Uma nova família chegou à Mariápolis:
Ethel, Joelson e Douglas.

Na foto: Ethel, Douglas, Joelson
Estarão conosco por um ano na Casa Santa Rita,
participando da escola para as famílias.


Eles nos contam: 
“Estamos vivendo um novo momento de família
e sentimos que precisávamos dar um passo juntos,
realmente unidos pela presença de Jesus em meio.
Acima de tudo, entendemos que passar um ano
na Escola Santa Rita é um chamado de Deus.

É uma oportunidade de nos fortalecer como família
e nos doar à Obra".


Marcos Bomfim na Mariápolis Lia

Conversamos com Marcos Bonfim,
que acaba de partir para a escola Gen
da Mariápolis Lia, na Argentina. 


Marcos, você cresceu em uma Mariápolis; 
porque decidiu passar um período em outra?
Sempre quis fazer uma escola Gen 2
e achei a Mariápolis Lia encantadora.

Mariápolis Lia - Argentina

Porque a escolha nesta etapa da sua vida? 
Vivo dia a dia buscando viver bem o momento presente
E conversando com meus pais, surgiu a ideia
de passar um ano na Casa Gen 2 da Mariápolis Lia.
Fiquei muito feliz e corri atrás.
O resultado de tudo isso se concretiza
nesse dia 4 de fevereiro.


Seria a hora de se preparar para ingressar
em uma universidade, etc…
Como foi esta decisão contracorrente?
É muito comum e clara a escolha
de querer fazer faculdade logo após a escola.
Eu cheguei a passar em uma faculdade,
mas conversando com meus familiares
e tentando entender a vontade de Deus,
veio à tona a ideia de ir fazer a escola gen em Lia.
Acatei essa opção com muito ardor.


O que você espera dessa nova experiência?
Estou indo disposto a amar,
sem querer pensar em como vai ser.


Estamos todos com você, Marcos!
Toda a nossa unidade para esta experiência!

Benvinda Ticiana Maria!!!

No dia 27 de novembro passado
nasceu Ticiana Maria, 
filha de Áurea e Daniel,
irmã de Lucas!!!


Na sua espera, eles viveram uma experiência muito forte:

Áurea:
Três meses atrás nasceu a nossa filha Ticiana Maria.
No ultimo período da gravidez apresentou-se certa complicação que me obrigou a ficar quase dois meses no hospital, até o momento do parto.
Ao receber esta noticia, de imediato vieram muitas preocupações e fiquei muito inquieta.
Depois de uma semana no hospital, entendi que o importante era fazer a Vontade de Deus e querer o que Ele quer.
Com esta disposição de alma, embora estando no hospital, procurei organizar as pendências que ficaram em casa. Assim, senti, pouco a pouco, uma grande serenidade e uma profunda união com  Deus.

Daniel:
Também para mim foi uma experiência de amor recíproco e de disposição para amar a Áurea nessa situação imprevista.
Logo me lembrei que em 2008, quando fiquei doente e permaneci trinta dias no hospital, ela esteve sempre ao meu lado.
Agora era a minha oportunidade de retribuir àquele seu amor.  
Empenhei-me em não faltar nem um dia para visitá-la, para almoçar com ela e juntos ver as coisas da casa e do nosso filho Lucas. Aos sábados e  domingos levei também o Lucas para que não tivesse saudades e pudesse viver esse momento da melhor forma possível. Consegui, e isso me deu uma grande alegria.

Áurea:
Sentimos fortemente que esta experiência foi possível pelo amor concreto da comunidade, que se expressava em cada visita ou ajuda concreta por parte dos nossos vizinhos e amigos, tanto da Mariápolis, quanto de São Paulo. Houve quem levou e pegou Lucas na escola, quem dormiu comigo no hospital, quem levou Jesus Eucaristia, quem me levou livros, músicas, quem ia rezar o terço e outras orações comigo...
Toda esta corrente de amor foi percebida pelas enfermeiras e médicos gerando uma possibilidade ímpar de testemunhar o Evangelho.


Agora, todos nós vivemos com eles a grande alegria
da presença desta nova mariapolita!

Um diálogo que se amplia


Marcos Luiz Mucheroni, professor da Universidade de São Paulo
e morador da Mariápolis Ginetta há quase 6 anos,
durante o mês de janeiro
visitou o Instituto Universitário Sophia, para estudos e contatos.


 
Neste período esteve hospedado em Loppiano.

O contato foi para estudar possibilidades de um futuro convênio da USP
 com o Instituto Universitário Sophia
e também para ampliar o contato com pesquisadores.


Durante esse período,
Marcos teve a oportunidade de visitar muitos de nossos amigos
que estão lá: a família de Galgane e Tarcísio,
Mônica, Cris Diletta, Joana, Maysa, Marcelo
e  outros brasileiros que estão lá.
Foi uma enorme alegria rever cada um deles construindo
e participando intensamente da vida de Loppiano!

Segue o link de uma entrevista com o IUS
(Instituto Universitário Sophia):


Coroinhas da Mariápolis

Vocês sabiam que temos
um grupo de coroinhas na Mariápolis Ginetta?
Eles são uma maravilhosa presença
nas nossas celebrações litúrgicas!


E também está sendo muito linda
a experiência vivida juntos:
na preparação das missas,
nos momentos de formação,
no empenho para construir a presença de Jesus no meio.


Eles nos contam:
"Alguns dias atrás tivemos um encontro especial:
para começar, Pe. Dionísio explicou como foi
a primeira missa, com Jesus e os apóstolos.


Depois vivemos um momento com Maria, 
onde cada um confeccionou uma rosa;


rezamos uma dezena do terço
e cada um entregava a Maria a sua flor.


Brincamos na piscina, lanchamos
e fizemos uma caça ao tesouro.


Nos divertimos muito.
Fechamos o dia com sorvete
e com o coração cheio de alegria!"

Gen 2: escola 2014

As Gen 2 nos contam:

"Foram mesmo uma 'escola'
os dias que vivemos juntas na Mariápolis Ginetta!


Começamos com um momento de adoração
e o Pacto de Unidade.


Estudamos as cores,
através do Regulamento Gen.


Fomos à piscina,
jantamos nos focolares da Mariápolis,
nos encontramos por unidades
fizemos uma coligação com o Centro Gen!


E ainda, pudemos conhecer 
e nos cadastrar no novo site Gen 2.


Não faltou uma festa temática,
dedicada ao Paquistão e à Angola!



Com Gehilda, vimos o vídeo do encontro
de Emmaus com as Gen 2
no último congresso internacional. 
A seguir, uma missa campal.

Depois dessa convivência em família saímos
com o propósito de recomeçar tudo do “zero”, 
procurando aproveitar todas as oportunidades
para amar e conquistar muitos jovens.